sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Crise

Estamos em crise
Somos a crise
Tenho uma crise
de riso
de choro
de ódio
de nada

Vivendo em crise
Não sabe se sim
Não sabe se não
Que crise?
Crise, sem crise!

Crise que fico
Em crise que sou
Sou crise das crises
A crise em mim
Há crise em mim

Encrease demais
Decrease de menos
É crise de língua
É crise de gênero
É crise quem
E crise quem quero
É crise onde estamos
É crise que espero.

Crítico, critico a crise
Que cria a cria de crise em mim.

Nenhum comentário: